Volumen 15 - Número 45

Uma análise dos artigos acadêmicos de divulgação científica na Argentina


Luisa Massarani, Carla Maria da Silva, Mariana Rocha e Carina Cortassa

Este artigo tem como objetivo analisar a produção acadêmica em divulgação científica na Argentina. Como metodologia, foi realizado inicialmente um mapeamento dos artigos sobre o tema em publicações da América Latina. A busca, realizada entre março e setembro de 2016, incidiu sobre revistas eletrônicas e bancos de dados científicos latino-americanos e de outras regiões do mundo, complementada com a consulta a pesquisadores da área. A partir do levantamento de 665 artigos publicados por autores latino-americanos, identificamos 82 textos relacionados à Argentina para fazerem parte do nosso corpus de trabalho. Entre os resultados, verificou-se que nos artigos selecionados existe uma forte presença de autoria feminina. Os artigos apresentam uma predominância de autoria individual (em contraposição a vários autores) e ligada a instituições argentinas. Quanto ao estabelecimento de redes de cooperação entre instituições, prevalece a parceria entre autores argentinos da mesma entidade de ensino e/ou de pesquisa.

Palavras-chave: produção acadêmica; artigo científico; divulgação científica; Argentina

Un análisis de los artículos académicos de divulgación científica en Argentina

Este artículo tiene como objetivo evaluar la producción académica en divulgación de la ciencia en Argentina. Para ello se realizó un mapeo de artículos publicados en periódicos científicos de América Latina. La recolección de material fue realizada entre marzo y septiembre de 2016 e incluyó revistas académicas latinoamericanas y de otras regiones del mundo, además de consultas a investigadores del área. En total, de los 665 artículos académicos recolectados, 82 estaban relacionados con Argentina. Los resultados muestran el predominio de las mujeres como autoras. Se presenta también una gran concentración de artículos de autoría individual en comparación con los artículos en colaboración y publicados principalmente por investigadores afiliados a instituciones argentinas. Con relación a las redes de colaboración científica, prevalece la colaboración entre autores argentinos de la misma institución de investigación.

Palabras clave: producción académica; artículos científicos; divulgación de la ciencia; Argentina

An Analysis of Research Papers on Science Communication in Argentina

This paper analyzes the academic production on science communication in Argentina. As a part of the methodology, research papers on science communication in Latin America were identified. These articles were selected from scientific journals and databases from March to September of 2016, covering articles published in Latin America and other regions. Researchers were also asked to point out articles. Out of a total of 665 articles in Latin America, we selected a list of 82 research papers on science communication in Argentina. Our findings show a predominance of female authorship. The articles also present a greater concentration of individual authorship and are primarily linked to Argentine institutions. Regarding networks of scientific cooperation, collaboration amongst Argentine authors linked to the same research institution is predominant.

Keywords: academic production; research papers; science communication; Argentina


Recebimento do artigo: 31/07/2019. Entrega da avaliação final: 18/12/2019.

Luisa Massarani: doutora em educação, gestão e difusão em biociências pelo Instituto de Bioquímica na Universidade Federal do Rio de Janeiro (IBqM/UFRJ), Brasil. Coordenadora do Instituto Nacional de Comunicação Pública da Ciência e Tecnologia (INCT-CPCT) e do mestrado em divulgação da ciência, tecnologia e saúde, Casa de Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz. Bolsa Produtividade do CNPq 1C e Cientista do Nosso Estado da Faperj. Correio eletrônico: luisa.massarani6@gmail.comCarla Maria da Silva: mestre em educação, gestão e difusão em biociências pelo IBqM/UFRJ e bolsista do INCT-CPCT, Brasil. Correio eletrônico: carla.msd@gmail.comMariana Rocha: mestre em ensino em ciências pelo Instituto Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz, Brasil. Doutora pela School of Computer Science da Technological University, Irlanda. Correio eletrônico: marianarochaemail@gmail.comCarina Cortassa: doutora em estudos da ciência, tecnologia e sociedade pela Universidad Autónoma de Madrid, España. Pesquisadora da Universidad Nacional de Entre Ríos e do Centro Redes, Argentina. Correio eletrônico: carinacortassa@gmail.com.


Licencia de Creative Commons
Este artículo está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento 4.0 Internacional.